Letrista, Poeta, Roteirista, Escritor e demasiadamente humano.

Devaneios de uma devassidão devastada


Vocês riem de minha nudez,
porque não podem enxergar a burca de minha’lma.
Vocês dizem que sou louco,
porque não sabem, o que a busca pela sanidade me fez.
Vocês pensam que sou livre,
porque não conhecem as grades de minha prisão.